This might take a few minutes. Please wait.

Save in labour costs using Wordable!
Import content from Google Docs with one click.
Bulk publish to your site(s) with perfect formatting.
Make your blogging life & guest posting easier to manage! No more formatting timesinks!Make your blogging life & guest posting easier to manage!

Recent Posts

Description

Cidade Jingshi, às 20:00. Emily Bai estava voltando para sua casa depois de um longo e cansativo dia fazendo horas extras, quando de repente recebeu uma chamada da polícia. "Olá, estou falando com a senhorita Bai?", perguntou o oficial. "Sim, sou ela", respondeu Emily. "Seus amigos, o senhor Jack Gu e a senhorita Rose Xu, foram presos pelo suposto crime de prostituição. Em sua declaração, ambos insistiram que tinham concordado em se encontrar num hotel simplesmente porque estavam num encontro casual. Você poderia vir à delegacia e testemunhar se eles são realmente um casal? Só então podemos deixá-los ir..." Aquela notícia escandalosa a deixou tão atordoada que ela não conseguiu nem se mexer por alguns segundos. Em sua mente, a jovem lutava tentando pensar ou formular uma frase, mas não conseguiu pronunciar qualquer resposta para o policial. Confusa, ela não percebeu que tinha desligado inadvertidamente sua ligação, nem sabia o que fazer a seguir. Então simplesmente decidiu pedir um táxi para levá-la à delegacia primeiro. Na delegacia... Emily reconheceu instantaneamente as pessoas sentadas no corredor. O homem era seu namorado, Jack Gu, e sua amiga, Rose Xu, estava sentada ao lado dele. Eles se aconchegavam um ao outro, como um casal em sua lua de mel. Com as mãos cerradas e a raiva crescendo dentro dela, a jovem caminhou em direção a eles. A cada passo que dava, ela sentia seus pés como chumbo. Os olhos da Rose foram os primeiros a encontrar os da Emily. "Emmy, me desculpe...", ela disse com um olhar enganador, fingindo se desculpando. Então Jack se virou e viu sua namorada caminhando até eles. Sem pensar, ele empurrou Rose para o lado imediatamente e se levantou antes que Emily pudesse dizer qualquer coisa. "Oi, Emmy", ele a cumprimentou com um sorriso nervoso. Com medo, ele evitou olhá-la nos olhos, perdendo a coragem de encará-la. "Jack, conte-lhe tudo", disse Rose. "Não fale bobagens. Chega! Isto é sério." Logo, Jack olhou para Rose, avisando-a para ficar quieta com seu olhar penetrante. Depois, ele se virou pra Emily e disse com um tom de voz casual: "Emmy, vou explicar tudo mais tarde, mas agora preciso que você diga à polícia que somos inocentes." Então ele estendeu a mão, mas Emily não a pegou. Ela apenas o olhou com raiva e disse categoricamente: "É melhor você ter uma boa explicação para isso." Após preencher os documentos e passar pelas formalidades necessárias, os dois foram libertados e os três deixaram o local juntos. "Jack, como você pôde fazer isso comigo? Você é um bastardo!", Emily gritou zangada assim que eles saíram da delegacia. "Me escute, Emmy!", Jack implorou com o cenho franzido, tentando segurar a mão de Emily enquanto ela se afastava. "Não quero ouvir uma única palavra sua! Não depois que descobri você no hotel tendo um encontro com outra mulher", ela gritou para Jack. "Como você se sentiu quando a polícia te acusou de dormir com uma prostituta? Se eu soubesse o que realmente estava acontecendo, nunca teria ido à delegacia para te salvar", Emily enxugou as lágrimas que brotavam de seus olhos inchados, cheia de raiva e decepção. Ela se sentiu enojada ao pensar na insolência que eles tinham ao pedir que o oficial a chamasse para tirá-los de lá. Se o que eles queriam era irritá-la, eles já tinham cumprido sua missão de longe! Envergonhado pelas palavras de Emily, Jack retrucou: "Sim, eu dormi com Rose. E quê?" Ao ouvir aquilo, a jovem ficou atordoada e até perdeu o equilíbrio por um momento, enquanto seu humor despencava. O homem se aproximou para ajudá-la, mas ela o empurrou para o lado. "Apenas vá! Não quero mais te ver!" O Jack sentiu, de repente, dores intoleráveis em seu coração. "Emmy", ele murmurou e, finalmente mudou seu tom para um mais amigável, dizendo: "As outras garotas não significam nada para mim, você é a única que eu amo, você é a primeira e a única para sempre." As palavras dele alimentaram os ciúmes de Rose, mas ela fingiu entender e tentou convencer sua amiga com voz gentil: "Emmy, ele está certo. Você e Jack são feitos um para o outro, e eu não poderia tirá-lo de você..."

Book Details

Book Type: Digital

Submitted:

Language: Portuguese

Interior: BW

Keywords: , , , ,

Hashtags:

Questions & Answers

This book has not yet received any questions.

Ask a Question

Ask the author and the other readers a question about this book.

Ratings

Give a Rating

Share with the author and other readers on how you feel overall about this book.

5 stars

(0)

4.5 stars

(0)

4 stars

(0)

3.5 stars

(0)

3 stars

(0)

2.5 stars

(0)

2 stars

(0)

1.5 stars

(0)

1 star

(0)

0.5 stars

(0)

0 stars

(0)

Books Overall Rating:

0 / 5 (0 ratings)

Reviews

Be the first to rate and or review this book.

Write a Review

Share with the author and other readers on what you thought about this book.

Top ▲